Menu Horizontal

14 abril 2015

Resenha - Graceling: O Dom Extraordinário - Kristin Cashore


Graceling
Sinopse:
A jovem guerreira Katsa tem olhos de cores diferentes: um azul e outro verde. Esta peculiaridade não ressalta apenas a beleza da jovem, mas também a marca de um verdadeiro graceling, alguém com um dom extraordinário. Alguns são excelentes nadadores, dançarinos, cozinheiros, matemáticos. Mas o dom de Katsa é diferente e único: ela possui a habilidade de lutar e matar. Por causa disto, é usada como assassina pelo cruel rei de Middluns, o seu próprio tio. Consumida pela culpa, Katsa cria o Conselho, uma confraria, a partir da qual passa a promover missões secretas para prevenir injustiças e lutar pela liberdade.






Nota: 4,5 estrelas
Páginas: 496 páginas
Editora Rocco

  Nesse livro, Kristin criou um mundo dividido em sete reinos, cada um com governantes diferentes. Ali existem pessoas com dons extraordinários, identificados pela heterocromia e chamados de Graceling. Agora vamos a história.

  Carregar o fardo de um Dom como o de Katsa não é fácil. Seus olhos coloridos já denunciavam, desde bebê, que Katsa seria uma Graceling. Entretanto, a menina só conheceu a natureza do seu Dom aos 8 anos de idade, quando matou um convidado do rei Randa de Middluns com um único golpe.

Bewildered

  Pois é. Depois disso Katsa passou a ser temida e evitada por todos no castelo. Aproveitando-se da situação, seu tio Randa passa a utilizar Katsa como arma, a fim de aterrorizar qualquer um que fizesse oposição às ordens e ao governo de Vossa Majestade.
  Assim, além de possuir um Dom de matar, Katsa é preparada e treinada como soldado do reino. Katsa se torna uma máquina de matar/torturar/desmembrar/quebrar e fantoche no jogo do rei.
  Mas ela não é totalmente submissa a vontade de seu tio. Visando reparar parte de todo dano que causa, Katsa cria O Conselho. Com a ajuda de seu primo e amigo, o príncipe herdeiro de Middluss e mais algumas pessoas fiéis à ela e a sua causa, Katsa lidera missões dos mais variados tipos, com o objetivo de ajudar o povo dos Sete Reinos.

Um oferecimento de: Super heróis da Marvel, agora também disponível na versão Idade Média.
  Durante uma missão do Conselho, enquanto Katsa e seus "soldados" tentam resgatar um dos príncipes de Lienid, ela encontra outro Graceling. Esse homem possui um Dom que o permite lutar quase tão bem quanto ela. Embora ele represente um risco à missão e ao Conselho em sua totalidade, Katsa deixa-o viver. Alguns dias depois ela descobre que o estranho de olhos prateado/dourado é também um príncipe de Lienid. Seu nome é Po, neto do homem resgatado por Katsa.
  A partir do mistério do sequestro do príncipe, essa história maravilhosa começa a desenvolver-se.
  
  Eu amei esse livro. Era exatamente o que eu precisava depois de ler inúmeros romances e New Aduts parecidos e insossos: uma história bem escrita e desenvolvida, com cenários ricamente detalhados e uma escritora capaz de criar personagens maravilhosos e de transmitir suas personalidades e pensamentos magistralmente através de diálogos bem construídos e posicionados, além de misturar mistério, muita ação e um romance de verdade.

Resumidamente...

Genius 

  Como eu disse, os personagens são muito verídicos. Você consegue claramente notar como o isolamento e ódio afetaram a Katsa pelo seu modo fechado, sua falta de tato ao lidar com outras pessoas e seus sentimentos. Pelas suas falas diretas e calculistas, podemos ver sua personalidade forte e decidida. Ao longo do livro, quando a convivência com Po vai fazendo com que a personagem mude, podemos observar as nuances dessa transformação, tudo no ritmo certo.

"Do que você está rindo?" Katsa perguntou pela terceira ou quarta vez. "O teto está prestes a desmoronar na minha cabeça ou algo assim? Você age como se estivéssemos a beira de uma grande piada"
"Katsa, só você consideraria o colapso do teto uma boa piada"

full house animated GIF

  O que eu mais amei sobre o personagem Po foi sua mente. O modo como ele enxerga o mundo, a própria Katsa, de uma maneira diferente. Do entendimento profundo que ele tem do que está ao seu redor. Ele deu um toque de bom humor e beleza a história


"Eu vou te ensinar como se defender, como dominar um homem. Nós podemos usar Po como modelo"
"Maravilhoso" Po disse. "É bem entediante o modo como você me massacra somente com suas mãos e pés, Katsa. Será revigorante ter você vindo até mim com uma faca"



  E o que dizer sobre o fim do livro? Amei demais.
  A autora conseguiu surpreender em vários aspectos e se manteve fiel a sua personagem até o fim.
 Um livro fantástico e original, pra quem quer fugir da mesmice e embarcar numa história mais elaborada e intrincada.

Obs: Gracelin é o primeiro volume da saga Os sete Reinos. Os outros livros da série, entretanto, não continuam a história de Katsa. São apresentados novos personagens, mantendo-se apenas o pano de fundo que nos foi aqui apresentado. 
Última Obs, prometo: Se você gostou dessa resenha, adoraria que se tornasse membro do nosso blog. Você também pode curtir nossa página do Facebook aqui. Assim você estará sempre por dentro das novidades do blog.

emma stone animated GIF

  Luv u all, Bitches.
  XOXO


Anne.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...