Menu Horizontal

08 março 2016

Resenha: Mar de Rosas - Nora Roberts

  Heeey, pessoinhas!
  Como romance é sempre bom e Nora Roberts é sempre maravilhosa, aqui vai a resenha do segundo volume da série Quarteto de Noivas ;)

http://www.editoraarqueiro.com.br/media/upload/conteudos/Mar_de_rosas_IMPRENSA.jpg 
Sinopse:
  Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês.
  Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor.
  Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. 
  Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado.
  Os seis são praticamente uma família. E justamente por isso Emma e Jack nunca revelaram a atração que sentiam um pelo outro.
  Mas há coisas que não podem ficar escondidas para sempre.
  Mar de rosas é uma história ardente, sexy e divertida sobre as vantagens e os desafios que surgem...

Nota: 3,5 estrelas.
Páginas: 288 páginas.
Série: Quarteto de Noivas, #2.
Título Original: Bed of Roses.
Editora Arqueiro.


  Quando terminei o primeiro volume, Álbum de Casamento, eu soube que essa era uma série que eu queria continuar. O primeiro livro conseguiu me deixar curiosa à respeito da história de cada uma das quatro amigas e ansiosa pra ver o seu desenrolar. E Mar de Rosas não decepcionou.
  A primeira coisa que se nota em Emma é que ela é uma romântica incurável. Isso associado à beleza da moça faz com que ela esteja sempre envolvida com alguém, sempre com algum encontro marcado ou conhecendo alguém interessante. Já Jack gosta da companhia de mulheres bonitas, mas faz um tempo desde que ele teve algo sério. Emma é linda e Jack com certeza já reparou isso. E a atração é mutua. A única coisa que os segura é o fato de que eles são quase família e temem a degradação da relação deles e de seus amigos caso se envolvam. Mas depois do primeiro beijo... Aí fica cada vez mais difícil se negar algo que pode ser tão bom.

 

  Ah, essa é um livro bem fofo.
  Pela descrição dela no primeiro livro, eu sinceramente achei que a Emma ia ser meio chata. #protofalei Pode parecer estranho vindo de uma pessoa viciada em livros e filmes de romance, mas personagens e pessoas reais também melosos me irritam muito. Gosto daquelas heroínas fortes e independentes, e pela premissa, achei que a Emma fosse ser bem bobinha e que não nos daríamos bem. Mas me enganei. Não é por acreditar no felizes para sempre como ninguém e por estar sempre em busca do amor de sua vida que Emma é ingênua ou co-dependente. Ela é uma mulher inteligente e bem-sucedida, que sabe o que quer, não tem medo de dizer o que é e está disposta a se abrir pros riscos e correr atrás. Essa bravura e esperança da personagem foram extremamente refrescantes.

"Sabia exatamente que tipo de amor queria, um amor que se infiltra nos ossos, se enraíza no coração e floresce no corpo. Queria um amor que durasse para sempre."
  Sim, o livro acabou sendo um pouco mais meloso do que eu gostaria, mas gostei muito de Emma e Jack.
  E o que dizer sobre Jack?

hot jenna fischer tv the office nbc

  Pra começar, ele é um arquiteto. MELHOR. PROFISSÃO. DO. MUNDO. Moreno, alto, bonito e sensual e extremamente charmoso, gostei bastante do personagem e da química dele e de Emma. O que eu mais gostei é que ele é um personagem bastante verdadeiro. Um pouco mulherengo, honesto, trabalhador, dá aquela pisada de bola ás vezes... Real.
  A amizade mais uma vez é um tema que a autora trata bastante. Gostei de ver mais da interação das meninas e da profundidade da relação delas. Mas amei mesmo foi ver Jack passando tempo com os meninos (Del, Carter e companhia). Foram cenas com uma vibe diferente, relaxada e bem divertida, e que deu um charme ao livro.

“— Se você fosse uma mulher — Jack disse para Del — Eu me casaria com você.
— Não. Você transaria comigo e nunca mais me ligaria"


  O desenrolar do romance tem um ótimo ritmo. Embora muitas cenas sejam previsíveis, a história ainda tem seu charme e consegue capturar sua atenção. O que foi meio maçante foi a quantidade de páginas dedicadas ao trabalho na Votos, a empresa de casamento das meninas. É arrumação pra cá, gente correndo pra lá, e tantos, tantos, TANTOS buquês que a Emma prepara...

bored twins it takes two blah blah blah movies 

  Ficou meio chato. Mas aí entrava uma cena em que o Jack estava e tudo ficava lindo. Ele é lindo *--*

  Enfim, essa não é uma história super elaborada, com viradas emocionantes e um fim marcante. É clichê ás vezes até demais, bobinho e leve. Não uma daquelas histórias da qual você se lembrará dos detalhes muito tempo depois, mas uma que com certeza te distrairá durante sua leitura e que te deixará com um sorriso ao fechar o livro. Uma leitura garantida e bem gostosinha.
  Simples e encantador: a cara da Nora Roberts.

  Agora acabou.
  Beijosss.




Anne.

2 comentários :

  1. Aaahh ( suspiro ) , eu amor essa série ♥ muito difícil escolher só um para declarar favorito , eu lia os livros e já ia transformando eles em filme na minha cabeça ou uma série >.< já que sempre mostra os outros personagens e o que eles estão fazendo kkk só sei que essa série é umas das minhas favoritas ♥ . Parabéns pela resenha , for :*

    Beijos ,
    Gleyce Garcia.

    psbelieveandlive.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi!
      Mais uma fã de Nora Roberts? Adoooro.
      Essa série é mesmo bem legal.
      Obrigada pela visita, chuchu.
      Beijoos

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...