Menu Horizontal

19 janeiro 2016

Resenha: A 5ª Onda - Rick Yancey

Faaala, galerinha! 
   Estou bem humorada hoje. Não sei se vocês sabem, mas moro no Rio, o inferno na Terra. Então, quando a temperatura abaixa para a casa dos vinte e cinco graus, já preparo a minha xícara de chá de hortelã - amo de paixão - e deito na minha caminha. 
   Mas vocês não querem saber disso, não é?
  Venho aqui trazer a resenha de um livro que tenho desde que lançou, mas só peguei agora para ler. Confesso que comprei em um dos meus impulsos ao entrar na livraria e acabei deixando-o de lado na minha lista de leitura... Porém! Como o dia de todos chega, e chegou mais rápido por conta do filme que estreará dia 21 de janeiro, apresento-lhes a resenha de A 5ª Onda!

Sinopse: Cassie está sozinha, fugindo dos Outros. Ela vive em uma Terra devastada, onde qualquer pessoa, até mesmo uma criança, pode ser um inimigo. Um inimigo que parece humano, que espreita em todos os lugares, pronto para aniquilar os últimos sobreviventes. Permanecer sozinha é permanecer viva - Cassie acredita nisso até encontrar Evan Walker. Mas será que ela pode confiar nele? Será que ele pode ajudá-la a resgatar o irmão?
Chegou o momento em que Cassie deve escolher entre a esperança ou o desespero, entre enfrentar os Outros ou se render ao seu destino, entre a vida ou a morte. Entre desistir ou lutar!




Editora: Fundamento
Nº de páginas: 384
Onde comprar: Travessa Saraiva
Adicione à sua lista do Skoob


  Cassie de Cassiopeia, a constelação, não de Cassandra, ou Cassidy, acredita veemente que é a última humana da Terra. Também não é para menos. As cidades estão destruídas, abandonadas, e qualquer sinal de vida humana recebe uma chuva de balas como boas-vindas. Isso porque a 4ª Onda, os Silenciadores, tornou impossível a tarefa de confiar nos outros. Era impossível diferenciar os humanos dos E.T.s, porque eles também tinham corpos de carne e osso iguaizinhos aos humanos... A única alternativa era atirar. Seja num conhecido - quem sabe aquele padeiro que lhe atendeu com um sorriso caloroso durante toda a sua infância - ou um homem armado que você acaba de cruzar numa rua. Não importa. Inocente, culpado, nada disso existe mais. Só a vida e a morte, e os poucos segundos que você tem para decidir qual caminho seguir.
   Cassie perdeu seus pais, seu irmão, Sammy, e é uma das poucas sobreviventes da 4ª onda, que acreditam ser a última. Sua mãe foi levada pela 3ª Onda, uma doença horrenda que a destruiu de dentro para fora, sangue saindo por todos os poros do seu corpo. Seu irmão foi levado pelos militares em um ônibus escolar para a base aérea de Wright-Patterson, onde diziam ser o local mais seguro. Bobagem.
  E seu pai... Bem, sei pai também foi uma baixa da guerra.
  Agora, ela não tem ninguém além do ursinho de pelúcia deixado por seu irmão. "Para você, quando sentir medo", ele disse.
  Era o que Cassie mais sentia. Mas, ao mesmo tempo, foi o que a fez sair de baixo do Bunker em que estava tentando se esconder do Silenciador que acabara de atingir sua perna.
  Correr = morrer. Ficar = morrer.
  O único combustível para fazê-la continuar era Sams e a promessa que tinha feito. Ela o encontraria, não importava onde estivesse.
  E foi só do que precisou pelo resto de sua jornada.


  Nunca gostei muito de histórias sobre alienígenas. Sempre fico imaginando aqueles bichinhos verdes e cabeçudos, que vão tocar em nossos dedos e aí uma luz muito brilhante irá iluminar tudo ao nosso redor. Nem um pouco hollywoodiano, concordam? Por isso, ler as primeiras páginas de A 5ª Onda e encontrar o autor zombando desse conceito foi muito reconfortante. E, a partir daí, não quis mais largar o livro.
  A escrita do autor foi um ponto que me agradou muito. No início não estava acostumada e achei um pouco "estranha", mas depois é como se os personagens estivessem conversando com você e fizessem pausas para adicionar seus comentários. Também ri bastante e me apeguei a uma personagem em específico: Esp. Vocês irão conhecê-la e garanto que também vão gostar. Dei um gritinho ridículo de felicidade quando uma-certa -situação-aconteceu-e-que-não-posso-comentar-sem-vocês-quererem-me-matar.
  Por vezes me peguei presa, pensando em como seria se a história de fato acontecesse. A perspectiva de não poder confiar em alguém, duvidar de cada pessoa que aparecesse na minha frente e ter que estourar o seus miolos, não foi nada acolhedora. Pareceu um thriller psicológico, que de fato toma lugar em alguns momentos da narrativa.
  A trama é bem construída, do mesmo modo que os personagens. Estou arrependida de não tê-lo lido antes e ansiosa para o segundo - já estou indo comprar -, além de curiosa para saber o que aprontaram no filme. A Chloe não é uma das minhas atrizes favoritas - fora em Kick Ass -, mas vou assistir ao filme de qualquer jeito e creio que ela fez um bom trabalho.

Bom, por hoje é só.
Super recomendo a leitura, principalmente aos fãs de Guerra dos Mundos. Como disseram em uma das críticas, é uma mistura deste com Jogos Vorazes. Só pode sair algo bom disso, concordam?
Ah, antes que eu esqueça. Nós fizemos um Instagram para o blog, onde vocês poderão conferir as próximas resenhas, promoções e SAFs. Por isso, entrem neste link e sigam a nossa página!

Até a próxima, bitches!
XOXO

4 comentários :

  1. Oi, Gabi!
    AMO de paixão esse livro e adorei q vc tenha gostado também! O filme está quase estreando e eu mal posso esperar *---*
    De qualquer forma, eu também tinha um probleminha com livros/filmes sobre alienígenas, mas A 5a Onda totalmente mudou isso pra mim;) ah, e eu estranhei um pouco no início, mas a escrita do autor ainda é muito boa ^^
    Bjs, Juh.

    naosepreocupecomisso.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Juh!
      Senti a mesma coisa! Quero muuuito saber como será o filme, ainda bem que está pertinho *-*

      Beijoos!

      Excluir
  2. Oi! Estou curioso com esse livro, ainda mais com o filme chegando, o único que li com aliens foi A Hospedeira, que é bem +/-. Ótima resenha!! :) (Aqui também ta friozinho e é uma delícia, hahahaha)

    blogleitorit.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii! Eu não li A Hospedeira, só assisti ao filme(bem mais ou menos também, mal prestei atenção - mas não dá pra julgar só pelo filme). De qualquer maneira, creio que A 5ª Onda vai te agradar bastante ^^
      Obrigada pelo comentário!(e frio é tudo de bom, né? haha)

      Beijoos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...