Menu Horizontal

31 outubro 2015

Resenha: Jovens de Elite - Marie Lu

   Heeeeey, people!
  Sobre essa resenha: preparem-se. Esse livro possui um alto grau de maravilhosidade. Sintam-se avisados ;)

Sinopse Traduzida:
  Adelina Amouteru é uma sobrevivente da febre de sangue. Uma década antes, a fatal doença arrasou sua nação. A maioria dos infectados perecia, enquanto muitas crianças que sobreviveram foram deixadas com estranhas marcas. Os cabelos negros de Adelina se tornaram prateados, seus cílios, pálidos, e agora ela possui apenas uma cicatriz irregular onde antes seu olho esquerdo estava. Seu cruel pai acredita que ela é um malfetto, uma abominação, arruinando o bom nome da família e servindo de empecilho para sua fortuna. Mas alguns dos sobreviventes da febre, segundo os rumores, possuem mais do que apenas cicatrizes — acredita-se que eles possuem misteriosos e poderosos dons, e , embora suas identidades permaneçam em segredo, eles são chamados de Young Elites.
  Teren Santoro trabalha para o rei. Como íder da Inquisição Axis, é o seu trabalho é caçar os Young Elites, destruí-los antes que destruam a nação. Ele acredita que os Young Elites são perigosos e vingativos, mas é Teren que talvez possua o segredi mais obscuro de todos.
  Enzo Valenciano é um membro da Sociedade da Adaga. Essa facção dos Young Elites procura outros como eles antes que a Inquisição Axis possa encontra-los. Mas quando os Adagas encontram Adelina, eles descobrem alguém como nunca antes viram.
  Adelina quer acreditar que Enzo está do seu lado, e que Teren é o verdadeiro inimigo. Mas a vida desses três vai colidir de inesperadas maneiras, enquanto cada um enfrenta diferentes e pessoais batalhas. Mas de uma coisa todos eles tem certeza: Adelina tem habilidades que não deveriam pertencer à esse mundo. Uma vingativa escuridão em seu coração. E um desejo de destruir tudo que ousar contrariá-la.

"É minha vez de usar. Minha vez de machucar." - Adelina

Nota: 5 estrelas.
Páginas: 355 páginas
Série: The Young Elites, #1
Título Original: The Young Elites.
Editora Rocco

  Geeeente, como esse livro me encantou! Muito bom mesmo. Com certeza um das melhores leituras do ano. Marie já tinha me conquistado com Legend e com o final perfeito que Champion foi (na minha opinião o melhor desfecho de trilogia distópica que já li). Mas com The Young Elites, ela foi genial de uma maneira totalmente nova. Nada de tentar repetir os ingredientes de Legend pra emplacar outro sucesso. Ela inovou e simplesmente arrasou. Marie, te amo!

i love you animated GIF

  Adelina era uma menina normal. Isso até a febre de sangue. Após matar milhares, a febre marcou as crianças que sobreviveram. Quando estranhos acontecimentos envolvendo os malffetos e o boato de seus poderes se espalha, o tratamento que essas crianças recebe é cada vez pior. Adelina, agora considerada sinal de má sorte e desgraça, é atormentada e maltratada pelo pai, que acredita que desta maneira poderá despertar em Adelina algo que a faça valer algo pra ele. Quando Adelina finalmente toma coragem para fugir, seu pai tenta impedi-la. Raiva, medo e ódio a possuem. Estranhas criaturas sem forma começam a se levantar do chão em volta deles. O pai de Adelina, então, acaba morto e ela levada a julgamento por Teren Santoro pelo seu assassinato. É durante sua execução na fogueira que surge um homem mascarado, aparentemente capaz de controlar o fogo. E é assim que Adelina conhece os Young Elites.
  Depois de resgatada, Adelina deverá tentar dominar seu poder e se provar digna de confiança para permanecer com a Sociedade da Adaga. Mas essa não será uma tarefa fácil.

"Ao todo, há seis deles. Eu espero sobreviver para ser a sétima."

Sobre esse livro:
wonderful animated GIF

   Porque tão bom? Vou explicar:
  Adelina não é nossa costumeira mocinha. O ambiente em que ela cresceu, cercada de desprezo e repulsa, a tornaram dura. Vingativa, cheia de fúria e fome de poder, Adelina é instável. Durante todo livro não temos ideia do tipo de protagonista ela irá se tornar ou qual será sua reação, seu próximo passo. Passional e ambiciosa: uma combinação perigosa mas que não é capaz de nos nos fazer parar de torcer por ela.

"Cada uma das memórias dela está entrelaçada em escuridão. É uma infecção em sua mente. Há algo muito errado com ela. Ela deveria ter se manifestado antes, quando criança, mas só agora ela começou a encontrar seu poder. Ele se acumulou dentro dela, e essa energia me parece anormal de um jeito que me incomoda. Ela ainda não sabe disso, mas ela está ávida, sedenta, para usá-la."

  Na manifestação de seu poder e nos capítulos por Adelina narrados, vemos com clareza a mente sombria da personagem. Na verdade, esse é o adjetivo perfeito pra esse livro: sombrio. E maravilhoso, claro.

  Numa narrativa eletrizante, Marie nos transporta a um mundo que remete à Roma antiga. Uma Inquisição, Monarquia, conspirações, luta por poder e jogos políticos se misturam à um cenário sobrenatural muito bem construído. Os poderes de cada Young Elite são bem diferentes e foram muito bem explorados em demostrações de tirar o fôlego.
  A parte "visual" do livro também me encantou. É um daqueles que são praticamente roteiros prontos pro cinema. Os cenários, as máscaras, as lutas, os poderes e as culturas ficariam ótimas nas telonas. Alguém por favor, compre esses direitos! 
  Mas o que mais amei nesse livro foi que eu não sabia o que me esperava na próxima página.
  Tava tudo certo e aí:

surprised animated GIF

  Pra depois eu ficar tipo:

robert downey jr animated GIF

    E a Marie, pra fechar lacrando, me deixou assim:

applause animated GIF

  Cheio de surpresas e reviravoltas, o frio na barriga permanece durante toda a narrativa. Acrescente à isso a obscuridade que Marie deu à essa estória e você será incapaz de largar esse livro. Incapaz. É literalmente arrepiante.
  Além disso, o gancho que a autora deixou pro próximo livro foi simplesmente FENOMENAL. Preciso muito de você, Rose Society.

nickelodeon animated GIF

  Muito bom gente.
  Eu recomendo pra todo mundo que queira ler uma boa estória, mas especialmente se você gostou  de algum desses aqui:

http://pratelivros.blogspot.com.br/2015/02/resenha-prince-of-thorns-mark-lawrence.html

  Peço desculpa pela quantidade de Gifs deste post, mas elas eram necessárias. Muitos sentimentos aqui...
  XOXO

PS: Algumas imagens do Printerist da Marie Lu relacionados à esse livro pra você entrar no clima (Você pode clicar nas imagens para aumentá-las ;) :

White Wolf  :

Veja mais aqui.

XOXO2




Anne.

8 comentários :

  1. Oi, Anne!
    Fico feliz que vc tenha gostado de Young Elites, mas eu ainda estou um pouco receosa... Vc vai me bater muito se eu disser q nao sou muito fã de Legend?? :(
    Mas ok, eu ainda fiquei bem curiosa eu com certeza vou checar o livro em breve ;)
    Bjs, Juh^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juh, bato sim!!!
      Haha, brinks. Gostei de Legend e amei a finalização da trilogia, mas ela tem seus defeitinhos sim.
      Mas acho que você iria gostar muito de Young Elites, viu. É muito bom
      Beijoss

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?
    Eu adorei seu post e o blog, já estou seguindo. :)

    Já li o primeiro livro da série Legend e virou um dos meus favoritos, a Marie Lu tem uma escrita deliciosa! Parabéns pela resenha.

    Beijão
    Leitora Cretina ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaa!
      Marie Lu ficou ainda mais arrasante, não sei como.
      Obrigada pelo comentário, chuchu <3
      Beijoss

      Excluir
  3. A Adelina parece bem o tipo de personagem que eu estava procurando. Ela parece tão boa quanto a Mare, de Red Queen. Já li Legend e gostei muito do estilo de escrita da Marie. E sua resenha me deixou com mais vontade de ler Jovens de Elite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      A Adelina é uma personagem maravilhosamente única, e sim, esse livro tem de tudo pra encantar quem gostou de Red Queen.
      Fico feliz que tenha te incentivado a ler esse livro lindo!
      Um beijo

      Excluir
  4. Qual é o livro 2 dessa trilogia??

    ResponderExcluir
  5. Amei esse livro, talvez tanto quanto você! Acho que por isso quis te dar um beijão nessa resenha! Marie lu reina em nossos corações e pronto!

    E não peças desculpas...esses seus gifs são otimos e me mataram de rir!

    www.cronicasdoslivros.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...