Menu Horizontal

14 outubro 2015

Resenha: Ligeiramente Escandalosos - Mary Balogh

  Ligeiramente Escandalosos é o terceiro volume da série Os Bedwyn.   Embora os livros dessa série possam ser lidos na ordem em que você desejar, eu recomendo sua leitura cronológica. Você pode encontrar a resenha dos demais volumes aqui.

Sinopse:
  Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa – até mesmo do amor. 
  Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata. 
 Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima.
 Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.

Nota: 3 estrelas
Páginas: 288 páginas.
Série: Os Bedwyn, #3
Título Original: Slightly Scandalous
Editora Arqueiro



  O charme dos romances de época é que dificilmente eles serão uma leitura ruim. Eles são estórias garantidas, que sempre te distraem e te divertem. Ligeiramente Escandalosos cumpre ambas as funções, mas não passa muito disso.
  É inevitável comparar um livro desse a outros do gênero. Embora Balogh tenha construído uma estória interessante (não original, mas ainda interessante) e personagens carismáticos - já vamos falar deles -, Julia Quinn, por exemplo, consegue me prender mais facilmente e me faz aproveitar mais minha leitura do que qualquer livro que já li da Mary, infelizmente.
  Preferencias à parte, vamos ao livro.
  Freyja está pernoitando em uma hospedaria simples a caminho de Bath, quando seus aposentos são invadidos por um belo homem um tanto arrogante para seu gosto. Este está fugindo de uma situação um tanto comprometedora com uma jovem da cidade e está sendo perseguido por seu irmão, de quem tenta se esconder no quarto de Freya. Depois de enfurecer a Srta.Bedwyn e passada a ameaça, o misterioso cavalheiro salta de sua janela e a deixa ali fumegando de ódio. Acontece que o invasor era o marquês de Hallmare, fato que Freya só descobriria mais tarde numa ocasião muito constrangedora.
  Apesar das suas diferenças e das farpas constantemente trocadas entre eles, ambos nutrem certo desprezo pela sociedade londrina e esse é um dos fatores que os levam a fazer um acordo absurdo e com altos índices de fracasso: fingir um noivado.

jimmy fallon animated GIF

  O noivado de mentirinha é um dos maiores clichês da literatura. Eu não me importo com clichês. Normalmente eles servem de base pra histórias bem romântica que podem te surpreender. Infelizmente, esse não foi o caso desse livro. Previsível do começo ao fim, a narrativa por vezes me entediou.
  Mas os personagens conseguiram tornar essa estória mais divertida. Freyja não é apenas mais uma moça recatada ansiosa por se casar. Independente, considerada por muitos feia e já com seus 25 anos (considerada velha pro matrimônio na época) ela definitivamente não se enquadra nos padrões . Altiva, orgulhosa, sarcástica e com um gancho de direita invejável, ela é um tapa na cara de todas essas mocinhas sonsas que tanto vemos por aí. Foi refrescante uma personagem assim, com tantas qualidades mas também cheia de defeitos.
  O marquês é extremamente bonito e charmoso, com uma longa fila de pretendes o esperando. Mas Joshua não está interessado em se casar e sossegar. É fácil observar como Freyja combina com um homem travesso, brincalhão mas ainda firme como ele. A química entre esses dois parceiros no crime é ótima. O modo como eles se complementa é incrível.

"Você é perfeita para Joshua. É ousada e inteligente o bastante para desafiá-lo. Você o domará sem esmagar o espírito dele, mas também não permitirá que ele a subjugue."



  Quanto a trama e seu desenvolvimento, houveram muitos altos e baixos, na minha opinião. O noivado de mentira foi prolongado e arrastado pelas mais diversas razões e me entediei um pouco com isso. A sorte foi ter esse dois protagonistas ótimos e toda a família Bedwyn pra inserir diálogos hilários e me animar.

"— Você é sempre tão mal-humorada? — perguntou ele.— Só quando estou em companhias desagradáveis — retrucou Freyja, encarando-o com frieza.
— Você sorri em algum momento?
— Estive sorrindo a noite toda. Até, é claro, me ver forçada a sentar ao seu lado.
— Lady Freyja, sou quase levado a acreditar que talvez esteja tentando me desprezar de forma deliberada.
— Lorde Hellmere — disse Freyja —, sou quase levada a acreditar que talvez tenha alguma inteligência."

Shaw Brothers animated GIF

  Um livro legal e divertido, só não muito original. Mediano, eu diria.
  Vão dar um chance?
  XOXO



Anne

4 comentários :

  1. Eu estou muito louca por esse livro, preciso MUITO ler kkk

    Amei sua resenha, beijos!

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Ele é sim uma leitura bem legal.
      E obrigada pelo elogio!
      XOXO

      Excluir
  2. Eu vou dar uma chance sim, pois li os outros dois, maliciosos e casados e gostei da escrita da autora!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem gostoso de ler, né? Também acho que vou continuar a série.
      Romance de Época é sempre uma boa pedida :)
      Beijoss

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...