Menu Horizontal

12 setembro 2015

Resenha: A Voz do Arqueiro - Mia Sheridan


 Sinopse:
  Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.
  Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar.
  Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde. Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. 
  De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda. Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.

Nota: 4,5 estrelas
Páginas: 336 páginas.
Série: Signos do Amor #1 (#4 nos EUA)
Título Original: Archer's  Voice.
Editora Arqueiro

   Bree deixou sua cidade repentinamente porque precisa de um tempo. Precisa se afastar das lembranças do que lhe aconteceu ali. Precisava começar de novo. Depois de uma longa viagem de carro, ela vai parar em Pelion, uma pequena e aconchegante cidade do Maine. Ela não sabe quanto tempo pretende ficar, só sabe que essa mudança é o que ela precisa pra tentar se recuperar das profundas feridas que seu passado infligiu.
  Archer é um recluso. Perdeu os pais ainda criança e foi morar com seu tio, um senhor que já não possui completo controle de suas faculdades mentais. Somando-se isso à sua deficiência, Archer cresceu totalmente afastado da pequena sociedade de Pelion. Quando seu tio falece, ele perde o único contato humano que tinha e se retraí ainda mais em si mesmo. Isso até uma pequena morena aparecer em sua cidade e mudar o modo como ele via o mundo.

  Ai meu Deus, como eu amei esse livro! Fazia tempo que um livro não me emocionava assim.

  WE tv animated GIF

  Eu me perguntei o porquê da Editora Arqueiro ter começado a publicação dessa série aqui no Brasil pelo 4° livro da série. Depois de lê-lo, entendi: ele é simplesmente maravilhoso. Eu já tinha lido Leo, o primeiro volume de Signos do Amor lá fora. Leo é um bom livro, mas não é nem de perto tão magnifico quanto esse.
  Acho que os grandes destaques desse livro são: os personagens (ou personagem, porque me refiro principalmente à Archer) e a qualidade de escrita.
  Em Archer temos um protagonista masculino que difere do estereótipo que tem estado tão em alta ultimamente: do Bad Boy super bem sucedido, rico, arrogante e autoritário. Embora ame esse clichê, o frescor da personalidade amável e única de Archer simplesmente me encantou. Ele não é uma pessoa comum. Devido ao seu distanciamento, falta de relações interpessoais e à sua deficiência, em muitos aspectos, ele ainda é um menino. Inseguro e tímido, a maioria de seus conhecimentos veio de livros. Mas quando Bree se dedica a conhecê -lo melhor e a se comunicar com ele - já que conhecia a língua de sinais -  vemos que ali há um homem sério, gentil, carinhoso, extremamente inteligente e charmoso e ... simplesmente apaixonante. É isso, estou apaixonada.

"Para mim faz todo sentido. Acho que amor é um conceito, e cada pessoa tem uma palavra única para descrever em que o sentimento se resume para ela. A minha palavra para amor é Bree."
Archer

excited animated GIF
Archer, seu fofo! *--*
  A Bree também é incrível. Com um coração machucado, mas ainda disposto a amar e livre de qualquer preconceito. Sem sua perseverança e tato, Archer jamais teria saído de seu isolamento e desabrochado na pessoa maravilhosa que é. O modo como os dois interagem, as "palavras" que trocam, tudo isto demostra um amor tão evidente que realmente te faz acreditar no felizes para sempre.


"Queria Archer do jeito que ele era. Nunca ouviria a risada dele, mas tudo bem. Tinha seu coração, tinha seus pensamentos, tinha ele. E isso era mais do que suficiente. Na verdade, isso era tudo."
Bree

  E o romance? Perfeito. No ritmo certo pra dar veracidade a estória, assistimos às primeiras interações de Bree com aquele homem barbudo de feições indistintas. Sua empatia com a difícil história do rapaz (já que seu pai era surdo-mudo) e a tentativa de se aproximar dele. Vemos o receio de Archer em permitir essa aproximação e sua gradativa aceitação. Todas essas etapas contadas em algumas centenas de páginas com tal precisão e realismo que é completamente impossível não se ver imerso nessa estória ou torcer por esses personagens.
  Com cenas emocionantes e frases mais que tocantes, o frio na barriga permanece durante toda narrativa. E as lágrimas, é claro, são inevitáveis. 

"Você trouxe o silêncio,
O som mais lindo que já ouvi,
Porque era onde você estava.
E agora você o levou embora.
E todos os ruídos, todos os sons do mundo,
Não são altos o bastante para penetrar meu coração partido.”
Bree

interview animated GIF

  Numa escrita leve e fluida, conhecemos essas duas almas machucadas em sua luta pra se permitir amar e a dificuldade de lidar com seu medo da perda. 
  Um livro simplesmente lindo. Inspirador.
  Recomendadíssimo.


PS: Pra ouvir junto: Imagination - Shawn Mendes

PS2: Os livros da série Signos do Amor são totalmente independentes. Não importa a ordem em que você a leia, seu entendimento da estória será completo e não haverá spoiler dos outros volumes da série, ok?

4 comentários :

  1. Depois q vi sua resenha eu corri pra ler! e não é q vc estava certa, este livro é maravilhoso!!! gostei bastante do fato de q a coisa mais diferente sobre o mocinho, com relação aos outros livros, e de ele ser mudo, e não ser o tipico bad boy q adoramos mas q também ficaram clichês.
    enfim eu amei esta indicação , aprendi q quando vc da uma nota de 4 pra cima eu simplesmente tenho q ler estes livros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Line!
      Impossível n se apaixonar por esse homem, né? (Archer, seu lindo *---*) Fico muito feliz que tenha gostado desse livro tanto quanto eu! E mais contente ainda que aprecie nossas dicas. Espero te ver bastante por aqui, viu ; )
      Beijoss

      Excluir
  2. Depois desta resenha, tbm tô super empolgada pra ler esse livro. Mas se faz necessário ter lido os três primeiros da serie?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem um pouco Natacha. Os livros tem estórias totalmente independentes, por isso a opção da Editora por começar a publicação da série por seu volume mais popular. Pode ler sem medo!
      Beijoss

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...