Menu Horizontal

08 março 2015

Resenha: O Visconde que me Amava - Julia Quinn (Série Os Bridgerton)

  Essa é a resenha do segundo título da série Os Bridgerton. Embora não seja necessário, recomendo a leitura da série em ordem. Clicando aqui você encontra a resenha do primeiro livro. A resenha abaixo não contém spoilers de nenhum livro da série.

O Visconde Que Me Amava
Sinopse: A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.
Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.
Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.
Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.


Minha Nota: 3,5 estrelas
Páginas: 304 páginas
Editora Arqueiro



hello animated GIF

  Nesse volume, o Bridgerton da vez é Anthony, o filho mais velho. Esse famoso libertino decide mudar de vida e arrumar uma esposa, na esperança de ter um herdeiro. Essa decisão considerada repentina pela sociedade e surpreendente até mesmo para os próprios familiares tem fundamento, pelo menos na cabeça de Anthony. Acontece que o Visconde, por causa da morte repentina de seu pai anos antes, acredita que não terá muitos mais anos de vida. É assim que começa a busca pela esposa ideal: uma mulher agradável aos olhos, com quem ele dividir uma afeição mas por quem ele não possa se apaixonar. E a escolhida é Edwina. A irmã de Kate.
  Kate está acostumada a viver à sombra da bela irmã mais nova e isso não a incomoda. Ela ama Edwina mais que tudo no mundo e deseja sua felicidade. É por isso que ela é completamente contra qualquer tipo de envolvimento que sua irmã possa vir a ter com Anthony, um homem com uma reputação preocupante, pra dizer o mínimo.



  Mais uma vez, os personagens me encantaram. Nós já tínhamos visto um pouquinho do Anthony no primeiro livro, só o suficiente pra dar aquele gostinho de quero mais. E valeu a pena esperar. Anthony é um homem decidido e forte, que tomou responsabilidade pela família bem novo, por conta da morte do pai, tentando compensar a falta que essa figura fazia na vida dos filhos pequenos que ele deixou pra trás. O jeito atrevido, charmoso, zangado e mau-humorado (os dois últimos especialmente quando se trata de Kate) me encantaram.

"Você parece ter tanta afinidade com caninos"
"Claro" ele disse, mantendo a voz baixa para que Mary não ouvisse, "eles não são tão diferentes das mulheres. Ambas as raças atendem a cada palavra minha."
Anthony


  Kate é inteligente e determinada. Com personalidades fortes, ela e Anthony obviamente vão ter problemas. Eles estão sempre brigando e discutindo, mas isso não impede a atração entre eles.
  Com ares de A Megera Indomada eu realmente amei a primeira metade do livro. Da relação conturbada deles a autora criou diálogos hilários que são característicos dela. Embora recheado de clichês, tudo foi muito bem construído e me agradou bastante. Daria 4,0 pra primeira parte do livro.
 Mas a segunda parte... Não gostei muito. Achei o desenrolar parecido demais com o do primeiro livro e fiquei decepcionada.
  Resumidamente, foi assim:

happy sad child animated GIF

   Não foi um final ruim, entenda. Só não foi original.
  Mas ainda sim, gostei do livro. Um romance bem gostoso e divertido pra aliviar o estresse. Adorei poder conhecer melhor essa família que eu amo mais a cada livro. Com certeza vou continuar a série.
  Julia Quinn mais uma vez está de parabéns.


"Você tem que viver cada hora como se fosse sua última e cada dia como se você fosse imortal" 

Kate

  Até a próxima, Bitches!!!

kiss animated GIF
XOXO



Anne.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...