Menu Horizontal

03 fevereiro 2015

SAF - State of Affairs

  Fala, galerinha! Mais um SAF na área. Estava assistindo hoje, e pensei em fazer uma review para os que ainda estão em dúvida sobre a série. Esperei até o terceiro episódio para ter certeza de que continuaria assistindo, e não me desapontei.
  Mas vamos ao que interessa!

  State of Affairs tem como protagonista Katherine Heigl, a eterna Izzie de Grey's Anatomy. Sim, ela foi uma bitch por ter saído da série daquele jeito, mas a verdade nua e crua é que eu continuo gostando dela mesmo assim. Pronto, me odeiem!
  Aviso: há alguns spoilers no final.
  A série acompanha a vida de Charleston "Charlie" Tucker, uma analista da CIA que tem como tarefa organizar e apresentar o Diário Presidencial com as questões de segurança mais importantes que o país enfrenta. Em resumo, se, por exemplo, a Al-Qaeda estiver preparando um ataque, ela vai ser a primeira a saber e alertar a presidente. Ah, detalhe importante: na série, os EUA estão com a sua primeira presidente mulher, ou presidentA, como nossa querida Dilminha, a gatinha do planalto, gosta de ser chamada. 



  Mas enfim... Charlie e a presidente, Constance, são muito próximas, já que essa se casaria com seu filho, Aaron. Contudo, ele morreu, atacado por um extremista. O "Piloto" se incia com Charlie numa sessão de terapia, em que tenta lembrar o que de fato aconteceu no dia da morte de Aaron, um ano trás. As imagens vêm aos pedaços, e ela se recusa a continuar, porque não encontra resultados. Quando está preparando o Diário Oficial, sua equipe fica ciente de um rapto de um médico americano no Kenya e de que têm poucas horas para salvá-lo. Uma equipe especial está rastreando Omar Abdul Fatah, e acham que ele pode estar por trás de tudo. Como não tem certeza, Charlie se recusa a relatar a informação no Diário. O diretor da CIA acha que ela está desobedecendo suas ordens e por isso a suspende, mas no final Charlie consegue se encontrar com a Presidente e convencê-la de que a vida do médico é mais importante que Abdul(sendo que ele é o cara mais procurado pelos EUA, mas ok).

  No geral, gostei da série. Tinha ficado com preguiça de assistir ao primeiro episódio, mas depois a coisa fluiu normalmente, principalmente porque gostei muito do segundo. Achei divertidas as partes da Katherine com o pessoal da equipe dela, como eles sacaneiam o cara novo, e até o deboche deles com certas notícias. Vou continuar acompanhando e espero que ela não queira sair da série mais uma vez. 

Okay, zoeira, sabemos que não vai.
  Espero que gostem, porque estou precisando de gente para discutir sobre a série. 
  Por hoje, é só.
  Até a próxima, bitches!
  XOXO

Pelos velhos tempos <3

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...