Menu Horizontal

03 fevereiro 2015

SAF - School Rumble

  Fala, galerinha! Mais um SAF para vocês. Hoje será o primeiro sobre animes, e escolhi um bem especial para mim. Estou falando de School Rumble, o mangá criado por Kobayashi Jin e publicado na Weekly Shounen Magazine, da Kodansha. Seu primeiro capítulo como anime foi transmitido em Outubro de 2004. O título é dividido em três partes: School Rumble, School Rumble Ni Gakki e School Rumble San Gakki, sendo este último composto por somente dois episódios.

  Segue a vida de Tsukamoto Tenma, uma estudante lerdinha e bem-humorada do ensino médio, que é apaixonada pelo seu colega de classe, Karasuma Õji. Ele é desligado do mundo e não percebe que ela gosta dele. Na verdade, a única coisa que chama a sua atenção é um prato de Curry. Vai entender, né? Tenma tenta se declarar de formas muito estranhas, como por exemplo atirar uma flecha nele. Em contrapartida, Harima Kenji, um deliquente, é apaixonado por ela, que não percebe os sentimentos dele. Tenma tem uma irmã mais nova, Yakumo, que sempre é confundida como mais velha, já que é mais série e madura que a irmã. Na vida de Tenma ainda há Eri Sawachika, a "dondoca", Mikoto Suou, a mais peituda da série, e Akira Takano, a presidente do Clube de Chá. 
   Eu sei, bem diversificado, concordam? 

O que eu mais gosto em School Rumble é a comédia. Não tem um episódio que você não ria. Bom, pelo menos comigo e com meus primos foi assim. O romance não é lá muito trabalhado, até porque não é um Shoujo(romance), mas sim um Seinen(mangá para garotos, com lutas), mesmo eu não entendendo muito bem essa classificação. Os relacionamentos são muito complicados e embolados, não vale nem a pena tentar acompanhar kk. Melhor seguir o fluxo e continuar rindo.

  As aberturas e encerramentos são muito legais e viciantes, mas o melhor de tudo continuam sendo as situações cômicas inesperadas. Tem um episódio em que a Tenma pergunta para o Karasuma: "O que você prefere: nikujaga ou curry?" Ele responde curry. Depois ela pergunta: "E entre mim e curry?". A resposta: curry. "E entre mim e curry instantâneo?" Ele fica calado, não conseguindo decidir, e ela sai correndo, chorando (https://www.youtube.com/watch?v=5ec2rnmvE0c Link do YouTube, porque é mais engraçado do que eu contando).

  Para mim, a série se torna imperdível a partir do momento em que uma mexicana chamada Lala Gonzalez, ou só Lala-chan, aparece. Ela vê Karen Ichijou, uma menina aparentemente dócil e feminina, como sua rival. Sempre que a Lala-chan a encontra, grita "Ichijou!", e eu rio que nem uma idiota. Talvez seja eu, talvez seja a série em si. Não sei, mas gosto demais e me diverto feito criança.
  Outro personagem que me chama a atenção é o Imadori, que é obcecado por peitos. Ele é uma das personagens mais divertidas de todas as temporadas, e vive levando porrada, principalmente da Mikoto e da Lala, porque tenta segurar os peitos delas. 
  
 Bom, por hoje é só. 
 Tentem assistir, ainda que só um episódio - aconselho o 22 da primeira temporada -, mesmo os que não curtem animes. Podem acabar se surpreendendo.


Até a próxima, bitches!
XOXO

2 comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...