Menu Horizontal

04 fevereiro 2015

Resenha: A Caçada - Andrew Fukuda

   Hello people!
Aqui vai a resenha de um livro que me deixou com sentimentos, no mínimo, contraditórios...

Sinopse:
  Gene é um eper, um dos últimos humanos do planeta, e vive disfarçado no meio das pessoas normais. Mesmo vivendo sozinho há anos, Gene ainda escuta as palavras de advertência de seu pai: não faça amigos; não pegue no sono durante a aula; não pigarreie; não gabarite as provas, embora sejam um insulto à sua inteligência. Não durma na casa de colegas; não cantarole nem assobie. E ainda: Nunca esqueça quem você é. Ele leva sua vida de acordo com essas regras, determinado a sobreviver.
  No entanto, quando Gene é sorteado para participar da Caçada Eper ─ uma oportunidade única de devorar os últimos epers do planeta ─, seu frágil mundo desmorona. Sob os holofotes, sendo forçado a conviver com os outros caçadores, ser descoberto parece apenas uma questão de tempo, e continuar vivo pode significar a perda de sua humanidade.

Minha nota: 3,5 estrelas
Nota do Skoob: 4 estrelas
Nota no Goodreads: 3,7 estrelas
Páginas: 288


O livro nos apresenta um mundo onde os seres humanos - Epers - foram praticamente extintos. O planeta é agora povoado por seres que em muito lembram vampiros o autor não os nomeia,mas eles se alimentam de carne e sangue humanos,não suportam luz do dia e dormem como morcegos,então são vampiros e ponto. Os epers são considerados igurias raríssimas.Se Gene fosse descoberto não levaria nem 30 segundos para que fosse devorado onde estiver. Por isso as regras do pai, que ele seguia à risca todos os dias: presas falsas, depilação corporal, eram vitais.
Mas a Caçada ameaça esse plano. Se os outros caçadores não descobrirem seu segredo convivendo com ele, descobrirão assim que a Caçada tiver inicio,devido ao físico inferior e ao cheiro que exalaria com suor. Em suma, Gene está muito,muito ferrado.

Minha primeira impressão do livro foi: Que nojo. Veja você mesmo:

"Um aluno balança a cabeça violentamente, espirrando saliva para todo lado e alguns respingos caem em mim. Estamos todos babando, formando pequenas poças de saliva sobre as mesa e no chão"
Gene

Image and video hosting by TinyPic

Pois é. O livro é recheado de cenas dessas, que tendem a, prepare-se, PIORAR durante o livro. 
Nojo e preconceito inicial a parte, esse é um livro realmente interessante. Isso porque Andrew Fukada é um escritor excepcionalmente bom. Ele consegue criar tensão até mesmo nas partes sem nenhum tipo de ação. O suspense do livro te deixa alerta por páginas, capítulos a fio.E no final, o que ele faz? Mais suspense.Conseguiu aguçar minha curiosidade pelo próximo livro.Esse cara sabe entrar na sua cabeça. 
    
"Comparável a Jogos Vorazes"
Segundo a Kirkus Review

Quanto a afirmação acima: Não força né...Mas concordo que os gêneros são parecidos e pode agradar fãs da série.
É, sim, um livro primorosamente construído. Tudo se encaixa ao seu tempo. Boa escrita e uma ótima história. Os fãs do gênero vão adorar e quem não é pode se surpreender ao dar uma chance.
E por hoje é só...

Image and video hosting by TinyPic

Anne.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...