Menu Horizontal

30 janeiro 2015

SAF - Chicago PD

Fala, galerinha! Outro SAF na área. Dessa vez, sobre um seriado policial.
Se estiver fazendo qualquer coisa além de ler esse post
 
 Sim, estou falando de Chicago PD, a série de policiais fodões enfrentando bandidos fodões. É muuuito boa. Sou uma fã assumida de Law and Order SVU - cheguei a andar km só para encontrar a estrela da Mariska Hargitay na calçada da fama - e apesar do tema abordado nas duas séries ser praticamente o mesmo, elas conseguem ter grandes diferenças.
  Vou fazer um crossover entre elas nesse post. Aliás, e curiosamente, as duas também tiveram um crossover, junto com Chicago Fire.
     Yeah, that's what I'm talking about!




Chicago PD se passa na área do Distrito 21, onde este é dividido em dois grupos distintos. Há os patrulheiros, que pegam os casos de menor repercussão - os crimes urbanos -, e a Unidade de Inteligência, direcionada ao tráfico de drogas, assassinatos e crime-organizado. Hank Voight é o sargento responsável por comandar a Unidade e é conhecido por sua falta de, digamos, ética e sensibilidade. É aquele policial corrupto, que tira dinheiro das ruas para livrar alguns caras. Em troca disso, também recebe informações. Ou você concorda com os "métodos" dele, ou pode dar o fora. Simples assim... e suuuuper foda!
  Essa já é a primeira diferença entre os seriados. Em SVU você nunca vê um detetive assim. Assisti a todas as catorze temporadas, e o máximo que vi foi um excesso de violência aqui, uma pequena ludibriação ali, mas nada que tirasse sangue.
  O Voight tira sangue. E digo MUITO sangue mesmo. Eles têm uma cela onde só o pessoal da Inteligência pode entrar, chamada carinhosamente de Gaiola. Lá, se você não der a informação de modo rápido e verdadeiro, coisas ruins vão acontecer. :D
  Os demais detetives são: Antonio, Halstead(*---*), Lindsay, Olinsky e Jin. Ah, não posso esquecer dos oficias azuizinhos Atwater e Burgess. Os dois, junto com a Sargento Platt, dão um toque de comédia especial à serie. Com o tempo, mais personagens vão aparecer e alguns morrer.
  Ao contrário de SVU, não há cenas no Tribunal - o que eu acho uma pena, porque adoro essa parte -, mas isso não me incomoda muito, já que as de ação conseguem compensar. Os episódios costumam ter muito tiro, porrada e bomba, e confesso que em alguns meu coração até chega a apertar por causa da tensão.
    Novamente, não posso me animar muito, porque senão vou soltar spoiler, e meus primos já reclamaram disso comigo.
  Por hoje, é só.
  Acompanhem, porque, fala sério, com tanta violência gratuita e a perfeição que é esse moço aí de cima, o que mais podemos pedir?
Caso não queiram, só tenho uma coisa a dizer:

Até a próxima, bitches!
  XOXO

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...