Menu Horizontal

30 janeiro 2015

Review: Here be Sexist Vampires - Suzanne Wright

 Heeeey Bitches!

  Eu sou a BFF da dona do Blog e vou resenhar livros que ainda não chegaram ao Brasil. Amo o meu país, mas,sério,ser brasileiro ás vezes é uma merda. Essa nova parte do Blog é para pessoas como eu: que não suportam ter que esperar os lançamentos lá de fora virem pro Brasil.

  Como essa é a minha primeira resenha aqui, vou falar sobre um dos meus romances paranormais favoritos: Here be sexist vampires *suspiros*. Por que ele é um dos meus queridinhos? Peraí que você já vai entender...


Sinopse traduzida:  
  Sam Parker é uma vampira com um Dom tão forte e substancial que é convidada a participar de um teste por um lugar no exercito privado do Supremo Mestre Vampiro. Ela então descobre que desse exercito não só nunca participaram mulheres como também nunca participou um vampiro Sventé, uma raça considerada pela incrivelmente forte raça Pagori e pela hipnoticamente bela raça Keja muito mansa e parecida demais com os humanos. A maioria se recusa a leva-la a serio, especialmente um comandante Pagori chamado Jared, quem ela deseja apesar das circunstancias.
  O Supremo Mestre, entretanto, vê o seu potencial e oferece a ela a posição de co-comandante ao lado de Jared, a fim de ajuda-lo a treinar seu mais novo esquadrão a tempo de impedir um ataque. Sam tem que demonstrar a Jared e a seu esquadrão chauvinista por que é extremamente estúpido subestimar uma determinada, temperamental, quase homicida fême Sventé.
Aviso:
Esse romance contem uma fêmea vampira obstinada com um chicote de energia, uma macho sexista que esta determinado a tê-la, sexo vampírico explicito e uma historia romântica de verdade.

Minha Nota: 5 estrelas
Nível de inglês: Intermediário
Paginas: 267



  Bom,pra começo de conversa é bom explicar esse negocio de raças. No livro são apresentadas três raças de vampiros diferentes: Pagori,os mais fortes, que formam a elite junto com os Keja, que possuem uma beleza hipnótica. Os Sventés apesar de serem mais fortes que humanos normais são bem inferiores fisicamente aos Pagori. Sua única característica positiva é o seu controle sobre sua sede de sangue, coisa em que os dois primeiros tem dificuldade. Ou seja, os Sventés sofrem bullyng.

  Cada vampiro tem um dom,tipo super poder. Juro que no livro não é tão idiota quanto soa agora. A Suzanne realmente foi muito criativa na hora de escolher os Dons. Um mais maneiro que o outro.

  O livro começa com o recrutamento da Sam. O que é bem estranho considerando-se o que a sinopse já deixou claro. Mas o que faz a Sam diferente é o Dom muito poderoso que ela possui, normalmente exclusivo aos Pagori, e o incrível controle que ela exerce sobre um poder que é conhecido por levar seus detentores a loucura. É, a Sam é fodona. Já nesse primeiro capítulo é simplesmente impossível não se apaixonar por ela. Ela sabe o que quer, não aceita merda de ninguém, fala o que pensa e,putz,ela tem um chicote de energia.Não tem como ficar melhor que isso.

  É na seleção que ela conhece o Comandante Michaels gostoso pra chuchu, chuá chuá, uh uh.

  E ele é um babaca. Sério, um babaca. Mas um babaca delicioso.Ele é o equivalente masculino da Sam, o que,obviamente, vai dar merda.


“Como é possível estar atraído por alguém que te deixa tão irritada que você considera seriamente queimar as bolas dele com um isqueiro?”
Sam

  E quando eles são colocados pra treinar o mesmo exercito? Hilário. Os dois são durões, teimosos e super poderosos. Não dá pra saber se eles vão sair no soco ou se agarrar.

  O romance se desenvolve numa boa velocidade. Não é nada do tipo “te amo depois de 4 dias” mas também não fica naquele mimimi interminável. A ação é bem forte também. Tem uma pitada de suspense, o que só deixa o livro mais delicioso.

“Deus, eu amo essa mulher: essa mulher doida,quase homicida – pensando bem, risca o quase”
Jared

  Infelizmente, o livro ainda é uma publicação independente. Eu sinceramente não entendo,mas enfim...A Suzanne arrasa. Os personagens são maravilhosos e ela não exagera muito na parte paranormal. É impossível ficar mais de 5 paginas sem dar uma boa risada. Acabei de ler e já quero começar de novo.

  Se eu recomendo esse livro?

Image and video hosting by TinyPic

  Se você deve parar tudo o que esta fazendo agora e ir le-lo?


Image and video hosting by TinyPic

  Sim,esse livro esta nesse nivel.
  Espero que vocês também se apaixonem pela Tia Suzy.
  Até a proxim, Bitches!

Anne.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...